IBM investe em lab de inteligência artificial

A IBM está anunciando uma parceria com o MIT para a criação do MIT-IBM Watson AI Lab, um laboratório para o desenvolvimento de soluções com inteligência artificial. A empresa vai investir US$ 240 milhões em 10 anos. Com a iniciativa, os dois parceiros pretendem estimular pesquisa sobre inteligência artificial fundamental (AI) e impulsionar avanços para aprimorar o potencial dessa tecnologia.

O lab contará com mais de 100 cientistas, professores e estudantes de AI que juntos promoverão pesquisas em diversas áreas, entre elas, a de desenvolvimento expandido de algoritmos em Inteligência Artificial. A ideia é que esses sistemas criem novas aprendizagens, muito mais complexas, e se aproximem ainda mais da inteligência humana. A segurança cibernética entra como prioridade, pois essa colaboração irá explorar o uso de IA na segurança e também na privacidade de dados médicos, por exemplo.

Em termos socioeconômicos, a ideia é que o Lab estude as interações de IA com a sociedade, verificando como algumas soluções poderão beneficiar pessoas e nações, fomentando o crescimento sustentável e a qualidade de vida.

Outra novidade para este centro de inovação é o fato que ele funcionará também como uma incubadora de startups, encorajando professores e estudantes para que comercializem invenções e tecnologias de inteligência artificial desenvolvidas no laboratório, além de permitir a publicação de seus trabalhos, contribuindo para o lançamento de materiais de código aberto e em linha com a aplicação ética da IA.

Tanto o MIT quanto a IBM foram pioneiros na pesquisa de inteligência artificial e o novo laboratório de AI baseia-se em uma relação de pesquisa de décadas entre as duas instituições. Já há algum tempo os dois gigantes criam parcerias para desenvolvimento de novas tecnologias. Recentemente, a IBM, o Broad Institute of MIT e a Harvard estabeleceram uma colaboração de pesquisa de cinco anos, com investimento de US$50 milhões em AI e Genomics. No ano passado, a IBM Research anunciou uma colaboração com o Departamento de Cérebro e Ciências Cognitivas do MIT para promover o campo científico da visão mecânica, um aspecto central da inteligência artificial.

Ainda não há comentários

Deixe uma resposta

Powered by WordPress. Designed by Woo Themes